Acidentes

Vítimas de incêndio em hospital morreram asfixiadas, segundo a polícia

A Polícia Civil confirmou no início da tarde desta sexta-feira que a morte das vítimas do incêndio que atingiu o Hospital Badim, na Zona Norte do Rio, foi provocada por asfixia.

De acordo com a delegada Gisele de Lima Pereira, subsecretária de gestão administrativa da Polícia Cívil, os dez corpos trazidos para o Instituto Médico Legal de São Cristóvão foram identificados por exames de papiloscopia.

A informação da breve queda de energia foi passada por familiares de pacientes, mas a companhia de energia Light nega o fato.

A perícia técnica do Instituto de Criminalista Carlos Éboli começou por volta das 8h desta sexta-feira e ainda não tem previsão para acabar.

Através da assessoria de imprensa, a Light informou que não houve registro de interrupção na rede elétrica da empresa antes do incêndio. Um dos prédios do hospital, sitiado no número 390, foi administrativamente interditado para que seja realizado o trabalho da perícia.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo