Bizarro

Aposentado prova que está vivo em 2020, mas Caixa exige prova também para 2019

O advogado Michel Assef, de 74 anos, teve a aposentadoria suspensa, pois precisava provar que estava vivo para continuar a receber o benefício.

Depois que fez toda a burocracia, comprovando que estava vivo em 2020, o aposentado se viu envolvido em outra exigência da Caixa: teria que provar que estava vivo também em 2019.

Eu achei que estavam de brincadeira, porque se eu estou vivo em 2020, é claro que estava vivo em 2019, disse o advogado ao jornal “Extra”, do Rio de Janeiro.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo