Casos de PolíciaPolítica

Além da filha vereadora, outros parentes de Beira-Mar trabalharam ou foram nomeados na Câmara de Duque de Caxias

A entrada da filha do narcotraficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, Fernanda da Costa, como vereadora em Duque de Caxias, após o assassinato de Danilo do Mercado, foi assunto na imprensa.

Mas o ingresso de parentes do bandido na vida pública não é uma novidade.

Outra filha de Beira-Mar, Thuany Moraes da Costa, foi nomeada para exercer cargo de comissão na Câmara Municipal de Duque de Caxias em janeiro de 2017.

Débora Cristina da Costa Teixeira, irmã do criminoso, foi nomeada assessora de um vereador em Caxias, em março de 2017.

Ryan Guilherme Lira da Costa (filho), Alessandra da Costa Portella Vanderlei (irmã) também já mantiveram vínculo (foram nomeados) para o Legislativo caxiense possivelmente por indicação de Beira-Mar.

Tinha parente que ganhava até R$ 6.800.

A Justiça alegou que isso poderia configurar o crime de peculato.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo