Casos de Políciahomicídioinvestigaçãomilícia

Apontado como um dos possíveis sucessores de Ecko, Latrel chegou a ser dado como morto, foi acusado de homicídio por causa de mulher e de obrigar viciado a engolir drogas

Pouco se sabe oficialmente de Rodrigo dos Santos, o Latrel, apontado como um dos candidatos à linha sucessória de Wellington da Silva Braga, o Ecko.

Latrel respondeu a um processo por homicídio em 2016 mas acabou impronunciado anos depois por falta de provas. 

Nos autos, inclusive, testemunhas disseram que ele poderia estar morto, fato que não se confirmou. 

A vítima do homicídio foi Douglas Barbosa Araújo dos Santos. Segundo os informes, Latrel teria ordenado a sua morte por ele ter supostamente se envolvido com uma ex-namorada dele.

Douglas era viciado em drogas e chegou a ser obrigado, por integrantes da milícia, incluindo Latrel, a engolir entorpecentes que iria consumir. 

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo