Amigo dos AmigosCasos de PolíciaGuerra entre facçõesmilícia

Ataques aos milicianos no Jordão e na Chacrinha teriam partido da ADA. CV nega autoria

Os baques que ocorreram nas duas últimas noites nas comunidades do Jordão, na Taquara, e na Chacrinha, na Praça Seca, na Zona Oeste do Rio, teriam sido praticados por traficantes ligados à facção criminosa Amigos dos Amigos (ADA) e não do Comando Vermelho (CV), como costuma acontecer.

As informações que circulam é que na noite de quarta-feira, os bandidos do Jardim Novo, em Realengo, na Zona Oeste, ligados à ADA, atacaram o Jordão.

Segundo relatos, na noite seguinte, milicianos do Jordão que teriam pulado para a ADA teriam baqueado a Chacrinha. Um integrante do grupo paramilitar teria sido baleado.

No Twitter Tropa do Marreta, supostamente ligado ao CV, há a seguinte mensagem negando a autoria dos ataques:

“Rpzd os baques que aconteceram anteontem no Jordão e ontem na Chacrinha não foi nós não em… , Estão tentando empurrar como se fosse nós só para tentar prejudicar os manos“.

Mostrar mais

PUBLICIDADE

Aguarde 10 segundos e clique em fechar publicidade para visualizar a notícia.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Encontramos um bloqueador de anúncios em seu navegador. Desabilite-o para navegar