Casos de PolíciainvestigaçãoNotícias

Cabo Cardoso: depoimentos de testemunhas revelam como foi o assalto que resultou em morte

O depoimento de uma testemunha revela como ocorreu toda a trama que resultou na trágica morte do cabo Derinaldo Cardoso, ocorrida na última sexta-feira (4) durante um assalto à loja da Casa e Vídeo, em Mesquita, na Baixada Fluminense.
Narra a testemunha que por volta das 14h, estava se preparando para ir almoçar, quando se dirigia ao refeitório, que fica nos fundos da loja, se deparou com um assaltante que já tinha rendido o subgerente, mais uma pessoa, e estava na sala do cofre.

Segundo o seu relato, o suspeito ordenou que o declarante também entrasse na sala do cofre. Falou que o bandido saiu e retornou com outro comparsa, que estava portando uma arma de fogo, e ameaçava a todo instante o declarante e o subgerente, dizendo que os mataria se não abrissem o cofre.

O subgerente então abriu o cofre e os criminosos forneceram uma bolsa que eles enchessem com celulares. Contou que os dois assaltantes estavam com fones de ouvido, se comunicando com outros comparsas.

Em determinado momento um deles gritou: ‘Vamos embora’ e saíram correndo. A testemunha e o subgerente permaneceram no interior do cofre.O declarante afirma que ouviu um disparo de arma de fogo e se jogou no chão; que cerca de dois minutos depois foi até a frente da loja e se deparou com um PM baleado, próximo da porta de entrada da loja. 

Falou que o primeiro assaltante, que estava rendendo o subgerente, quando o declarante foi surpreendido, não estava portando arma e era alto, magro, aparentando entre 20 e 27 anos de idade, vestindo camisa azul e bermuda estampada; que o segundo assaltante tinha estatura mediana, parrudo, idade entre 28 e 30 anos de idade, e possuia várias tatuagens nos braços.

A testemunha afirmou que o autor que portava a arma de fogo é mesmo que realizou o roubo ocorrido em, 25/10/2020, e em 13/08/2020, ocasiões em que presenciou a ação criminosa; 

Afirmou ainda que o bandido que estava armado no assalto, após verificar as imagens das câmeras de segurança, era o mesmo que participou do roubo ocorrido em 17/09/2020; 

Ao ser submetido a realização de reconhecimento em grupo do autor preso em flagrante, o declarante reconheceu, sem sombra de dúvidas, um dos suspeitos como sendo o assaltante que estava rendendo o subgerente quando foi surpreendido a caminho do refeitório.Segundo a testemunha, a bolsa que continha doze celulares não foi retirada do interior da loja, em razão da ação policial e abandonada em um dos corredores do referido estabelecimento. 

 Um dos policiais menciona que ´na sexta-feira por volta de 13:30hs, juntamente com seu colega de farda, cabo Cardoso, escutaram no rádio da viatura que havia um assalto em andamento na Casa & Vídeo  situada na Rua Mister Watkins, 55 – Centro de Mesquita/RJ; 

Segundo ele, a guarnição estava perto e seguiu para o local com brevidade, chegando próximo desembarcou juntamente com seu colega de farda e se dividiram já na porta de entrada do referido estabelecimento comercial; 

O declarante viu um elemento em atitude suspeita no interior da loja, com uma bolsa contendo inúmeros aparelhos celulares, dando então ordem para deitar-se ao chão.Que nesse momento este declarante escutou um disparo de arma de fogo, e voltou sua atenção para seu colega de farda, vendo o mesmo caído ao solo e um outro meliante correndo com arma de fogo em punho; Que então efetuou quatro disparos com seu fuzil cal.556 em direção ao bandido que empreendeu fuga.O declarante foi ao encontro do seu colega da farda para socorrê-lo, sendo que nesse momento um dos criminosos se levantou e correu para se juntar ao seu comparsa; 

Que mais a frente viu outro colega conduzindo o criminoso, e foi informado que o mesmo estava correndo em fuga na via pública; 
Que de forma inequívoca este declarante reconheceu o suspeito, como sendo um dos criminosos que correu juntamente com seu comparsa que não foi identificado, porém efetuou disparo de arma de fogo contra o policial militar Derinaldo.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo