Casos de Políciahomicídiosinvestigaçãomilícia

Caçadores de Ganso foram condenados a 37 anos por triplo homicídio ocorrido em 2017

Dois integrantes da milícia conhecida como Caçadores de Ganso foram condenados a 37 anos por um triplo homicídio ocorrido em 2017 em Queimados, na Baixada Fluminense.

O crime foi em 11 de janeiro daquele ano, por volta das 20h, na Rua José do Patrocínio, 145, Primavera. 

As vítimas Bruno da Silva Perdigão, Deivid Ramiro Ferreira e Fabio dos Santos Freitas, que foram atingidas por disparos de arma de fogo.

Segundo depoimentos, as vítimas se reuniam frequentemente para conversar e fumar maconha.

O pai de Fábio falou que, no dia dos fatos, por volta das 20h30mim ouviu barulho de tiros e que imediatamente foi ver o que tinha acontecido e confirmou a morte de seu filho,  bem como de Deivid e Bruno. 

Uma testemunha, segundo os autos, chegou a ser jurada de morte tanto pelos milicianos quanto pelos traficantes.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo