Casos de PolíciaDenunciamilíciaOperação PolicialPrisão

Chefão da milícia da Taquara foi preso envolvido em sequestro de juiz americano

Um homem apontado como um dos sequestradores de um turista americano foi preso em Copacabana por policiais de uma força-tarefa da Delegacia Antissequestro (DAS), Delegacia Especial de Apoio ao Turismo (Deat) e 24ª DP (Piedade).

Erivaldo Juvino Silva, conhecido como Nem da Malvina, foi detido na tarde de ontem em flagrante pelo crime de extorsão mediante sequestro.

Ele é apontado como um dos principais chefes da milícia que atua no bairro da Taquara, em Jacarepaguá, ao lado do irmão Damião. Controlam Malvina, Meringuava, Tindiba, Invasão e Mananciais.

A vítima seria um juiz dos Estados Unidos aposentado, que acabou libertado pelos agentes no mesmo bairro.

As investigações tiveram início a partir de informações obtidas pela delegacia de Piedade que davam conta de que um turista americano, que seria um juiz aposentado, havia sido sequestrado e exigiam o pagamento de R$ 200 mil pelo resgate.

Durante diligências, os policiais constataram que a vitima havia recebido, pela manhã, duas garotas de programa no flat onde estava hospedado. À tarde, as mesmas retornaram ao local na companhia de dois homens.

Segundo os agentes, os criminosos renderam o americano, roubaram dinheiro e o levaram para local ainda desconhecido. Momento este que passaram a exigir resgate para a liberação da vítima.

Após algumas horas de investigação e negociação, um dos envolvidos foi preso ao retornar para o bairro de Copacabana A vítima foi libertada pelos policiais sem que houvesse pagamento.

A investigação continua para localizar e prender outros envolvidos no crime.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo