Casos de Polícia

Chefão do tráfico é solto com decisão do STF que beneficiou Lula

Antônio Ilário Ferreira, o Rabicó ou Coroa, foi solto por ordem do Supremo Tribunal Federal (STF) e deve voltar ao Rio. Foto: Reprodução

O traficante Antônio Ilário Ferreira, mais conhecido como Coroa ou Rabicó, ganhou a liberdade após conseguir uma decisão favorável no STF.A decisão de soltura de Coroa foi concedida após liminar expedida pelo ministro Marco Aurélio Mello.

Rabicó estava preso a onze anos é apontado como chefe do tráfico de drogas no Complexo de Salgueiro, em São Gonçalo; Contra ele existem três condenações por tráfico de drogas e associação com o tráfico.

A liberdade do criminoso colocou em alerta as autoridades de Segurança Pública do Rio. Em abril deste ano, traficantes entraram em guerra em São Gonçalo após Thomar Jayson Vieira Gomes, o 3N, que comandava o tráfico no Complexo do Salgueiro para Rabicó ter desafiado o chefe. Segundo fontes do EXTRA, Rabicó determinou que outro comparsa, Antonácio do Rosário, O Schumaker, de 35 anos, executasse 3N para tomar o controle do Salgueiro.

Antonácio do Rosário, o Schumaker, era homem de confiança de Rabicó e foi morto por 3N. Foto: Reprodução

Ao saber dos planos do chefe, 3N se antecipou, matou Schumaker e passou a fazer parte de outra facção criminosa. O receio é de que, em liberdade, Rabicó queira se vingar do antigo comparsa. Na nova quadrilha, 3N vem tentando, com frequência, dominar o Salgueiro.

Autoridades de segurança pública do Rio temem que Rabicó queira se vingar de Thomas Jayson Vieira Gomes, o 3N. Foto: Reprodução
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar