Casos de PolíciaComando VermelhoDenunciainvestigaçãomilícia

Chefe da maior milícia do RJ estaria por trás desta aliança com o CV que tomou a Gardênia Azul

A polícia investiga se o chefe da maior milícia do RJ, Luís Antônio da Silva Braga, o Zinho, estaria por trás desta aliança de milicianos com o Comando Vermelho que tomou as comunidades da Gardênia Azul e VIla Sapê, em Jacarepaguá.

Há tempos o InformeAgora divulgou que uma investigação citou uma possível relação do grupo de Zinho com os traficantes do Complexo da Penha que parece que estaria se confirmando. Relemebre:

https://informeagora.com/casos-de-policia/e-inacreditavel-mas-e-a-justica-que-diz-milicia-de-zinho-teria-firmado-suposta-alianca-com-o-cv-da-penha-e-do-morro-do-dezoito-veja-o-numero-da-acao-e-confira/

Segundo o que se comenta, o suposto conluio da maior milícia do Estado com o CV teria surgido após os traficantes Abelha e Doca terem avisado a Zinho sobre o plano do falecido Titio Rolinha atravessar para tomar os redutos paramilitares em Santa Cruz;

Em troca, Zinho teria oferecido à facção passagem por uma comunidade de Campo Grande para entrar na Favela Grão Pará, em Nova Iguaçu, para tomá-la do rival Danilo Dias Lima, o Tandera.

O que se sabe é que os milicianos que invadiram a Gardênia Azul junto com o CV, Lesk e Gargalhone, são aliados de Zinho. Eles teriam se aproximado da facção por ordem dele.

Com essa união, a facção administraria as bocas de fumo, Lesk e Gargalhone explorariam os comércios enquanto que o bando de Zinho ficaria com o transporte alternativo.

A conferir.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo