Casos de PolíciaComando VermelhoDenunciainvestigaçãoOperação Policialtráfico de drogas e armas

Cidade de Bom Jardim foi tomada pelo Comando Vermelho

A cidade de Bom Jardim, no interior fluminense, foi tomada pelo Comando Vermelho (CV). No município, atuam dois núcleos distintos da facção criminosa. 

Ambos os grupos, segundo relatos constantes dos autos investigativos, já contam com pistolas, armas de grosso calibre, inclusive com granadas apreendidas.

Um deles é comandado pelo traficante Coringa que, mesmo preso desde 2014, comanda os negócios da cadeia, de onde fala abertamente em telefones celulares dando instruções aos comparsas. 

A Polícia Civil tem várias escutas de conversas de Coringa. Mesmo preso, o traficante Coringa, líder do Comando Vermelho do município de Bom Jardim, no interior fluminense, fala abertamente ao telefone celular e controla os negócios da cadeia.

O núcleo de Coringa atua no bairro Jardim Boa Esperança, conhecido como BNH. Ele envia armas e drogas para a cidade diretamente da capital.  

Coringa é gerenciado por uma mulher, conhecida como Tia Carol, que é a responsável pela guarda e distribuição das drogas na localidade, além da gestão e destinação financeira dos valores obtidos no tráfico. Ela divide a função com um traficante de vulgo Samsung. 

‘´Todo dinheiro que fizer segue na mão da Tia Carol’, disse Coringa para Samsung.

Vandinho, marido de Carol, promove a venda de entorpecentes na localidade do BNH.

´Esse Vandinho aí, que foi aí também, é bom de tudo! Não derrama, não vai vacilar’, disse Coringa.

Fazem parte do bando ainda Abraão, Pandinho (olheiro), Chico, Silvana, Vitinho, Zoé e Jefinho. 

A outra organização criminosa constituída no município de Bom Jardim é chefiada, segundo a denúncia, por PK, com quem se associaram os criminosos Pitanga, Elienai, Érica e Marcelo.

  Segundo as investigações que antecederam ao oferecimento da denúncia, dito núcleo atua mais especificamente e de forma reiterada nos bairros do Centro, Bela Vista e Caxangá. 

Seus membros também seriam enviados a localidades mais distantes, como Alto de São José, Banquete, Barra Alegre e Capivari, sempre observando uma estrutura organizacional e hierarquizada. 

Da mesma forma que o núcleo liderado por ´Coringa´, este chefiado por ´PK´ também integra a facção criminosa do Comando Vermelho e igualmente atua de forma ostensiva, inclusive com o uso de armas infundindo terror entre a população. 

Pitanga é responsável pela logística do tráfico, transporte e entrega das drogas. Ele não fica muito na cidade, apesar de morador, já que é responsável pelo abastecimento de drogas e armas.  Consta na investigação prints referentes a um vídeo citado pelos policiais no qual Pitanga figura ao lado de outro indivíduo portando um fuzil e fumando maconha. 

Elienai  foi preso na posse de 586 papelotes e 163 de maconha no bairro do Bem-Te-Vi. Segundo a polícia, ele afirmou que a referida droga seria de  Pk, que recebia uma quantia de R$ 200,00 

 Constam também dos autos da investigação fotos e citações de Elienai extraídas do aplicativo Facebook que sugerem seu envolvimento com o crime organizado, tais como ameaças a inimigos, fotos de armas, alusão ao Comando Vermelho e ao ganho de dinheiro fácil. * 

Érica atua,  segundo as investigações, recebendo depósitos de traficantes locais e os repassa a PK.Marcelo  também atua recebendo em sua conta bancária valores obtidos com o tráfico de drogas em Bom Jardim, repassando-os, segundo as investigações, a PK.

Depósitos foram encontrados na conta dele advindos da Caixa Econômica Federal e casas lotéricas de Bom Jardim, Nova Friburgo e região, muito embora resida o correntista em São Gonçalo. 

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo