Casos de Políciainvestigaçãomorte em confrontoOperação Policial

Cinco dos oito mortos no Complexo do Salgueiro tinham antecedentes criminais

As investigações sobre as oito mortes no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, estão em andamento pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG).

Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) da região.

Sete dos oito mortos no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, foram identificados. Destes, cinco possuem antecedentes ou anotações criminais.

Um dos mortos que não possui antecedentes também estava com roupa camuflada semelhante a do restante do grupo.

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal Especializada do Núcleo Niterói e São Gonçalo, instaurou um Procedimento Investigatório Criminal (PIC) próprio para investigar a operação realizada no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo. Ao tomar conhecimento dos fatos, o procurador-geral de Justiça, Luciano Mattos, noticiou à Promotoria de Justiça com atribuição, que foi ao local para colher informações e ouvir moradores. Um perito integrante do quadro técnico da instituição também foi designado ao Instituto Médico Legal para acompanhar o exame dos corpos.


O PIC também vai analisar eventuais violações a direitos praticados quando da execução da operação, tendo sido a ação regularmente comunicada pela Polícia Militar ao MP. A instituição conta com estruturas para prestar apoio a eventuais testemunhas e receber relatos de moradores e entidades sociais que possam colaborar com as apurações. Registra que há um plantão permanente  (21 2215-7003 telefone e Whatsapp Business) criado para o recebimento de denúncias, registros audiovisuais e demais informações em caráter de urgência acerca de violações a direitos praticadas no âmbito de operações policiais no Estado do Rio de Janeiro.


O MPRJ adotará todas as medidas cabíveis para o regular desempenho de suas atribuições no exercício finalístico da ação penal pública em relação a eventuais ilícitos penais praticados, no efetivo exercício do controle externo da atividade policial.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo