Casos de PolíciaComando VermelhoDenunciainvestigaçãoOperação PolicialPrisão

Condenado a 32 anos chefão do CV em Friburgo que tinha forte influência no Pavão-Pavãozinho e no Dique. Ele chegou a dar ordem para matar um PM. Veja como funciona o tráfico na cidade serrana

Foi condenado a 32 anos de prisão o traficante Vailton de Oliveira Cerqueira, que tem o vulgo de Jogador em sentença do último dia 19.

Ele é apontado como é o líder da organização criminosa responsável pelo tráfico de entorpecentes nos bairros Cordoeira. Olaria, Cônego, Catarcione e adjacências, na cidade serrana de Nova Friburgo, integrando a facção criminosa Comando Vermelho.

Vailton foi preso em fevereiro deste ano pela PRF em uma blitz de rotina na cidade de Magé. Para tentar burlar a fiscalização, o criminoso chegou a mostrar um documento falso de identificação.


Ele garante a ligação tráfico ilícito de entorpecentes entre as cidades de Nova Friburgo e as comunidades do Dique, Pavão, Pavãozinho, Cantagalo, situadas no Rio de Janeiro e na Baixada Fluminense. 

Vailton detém posição de destaque na comissão estadual’ da facção ‘Comando Vermelho’, sendo, portanto, um importante elo de ligação com o interior, pois para o desempenho de tal função de operacionalizar o transporte Vailton era uma espécie de controlador e dono do movimento do tráfico de drogas nas comunidades do Cantagalo e Pavão-Pavãozinho, nos bairros de Ipanema e Copacabana na Zona Sul, e da Favela do Dique, na Baixada, detém posição de destaque na comissão estadual’ da facção ‘Comando Vermelho’, sendo, portanto, um importante elo de ligação com o interior.

As comunidades hodiernamente controladas pelo acusado Vailton, pertenciam ao traficante de nome Jurandir Dias do Nascimento, vulgo “Caju”; “Caju” comandava há uma década atrás, justamente o
tráfico nas comunidades conhecidas como Pavão-Pavãozinho, no bairro de Ipanema, e a favela do Dique, na baixada. “Caju” ficou foragido por muito tempo, homiziado na favela do Cantagalo,
enquanto orquestrava diversos crimes e atentados, alguns hediondos e outros que poderiam ser classificados como atos de terrorismo.

Uma conversa telefônica entre Vailton e o também acusado Adriano Wermelinger, no qual o segundo relata que na ocasião estava em troca tiros com policiais, no Morro do Cordoeira quando então o primeiro sugere ao segundo que mate o chefe da guarnição policial repressora do tráfico,  integrante do 11o BPM, batalhão responsável pelo policiamento de Nova Friburgo.

Havia um intenso controle sobre o armamento, dinheiro e drogas da quadrilha que eram perdidas em ações policiais, o que gerava uma revolta em Vailton, que planejava se vingar dos agentes.

Ele falava para meter o aço em um policial.

O tráfico em Friburgo

Pelo relevo da cidade, constata-se que a Comunidade do Cordoeira é uma área estratégica, fica no ponto central da cidade (Morro atrás da Prefeitura Municipal), com muitas rotas secundárias para vários bairros. 
Assim, de fácil acesso para os usuários comprarem substâncias ilícitas.

Possui várias rotas para distribuição das substâncias entorpecentes. Ampla visão da região baixa da cidade, possibilitando aos traficantes monitorar visualmente o advento de qualquer guarnição
policial e, consequentemente, inibir a apreensão de drogas e armas, além de facilitar a fuga destes.

No mapa geográfico de Nova Friburgo o bairro do Catarcione fica na entrada da cidade, sendo outra área de logística para os traficantes, pois é local de fácil armazenagem e distribuição das substâncias ilícitas e armamento vindo da Capital do Estado, ou seja, local dechegada da maior parte dos entorpecentes.
Ganham ainda maior relevância, posto que Cordoeira e Catarcione são bairros ligados pela Favela do Trem, local de alta periculosidade, fortemente armada e dominada pelo Comando Vermelho.

Já Olaria/Alto de Olaria é o maior e mais violento bairro de Nova Friburgo, o tráfico é fortemente armado, com frequentes enfrentamentos com a polícia. Necessitando que maior rigor estatal.

Em algumas cargas de substâncias de entorpecentes apreendidas foram encontradas as inscrições “FBG-CV”, tais inscrições são colocadas pela facção a mérito de organizar a distribuição. A sigla “FBG-CV” faz menção ao Comando Vermelho de Friburgo, destinada ao bairro do Cordoeira.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo