AssaltoCasos de Políciainvestigação

Confira como foi o assalto a casarão em São Conrado que pode ter servido de estopim para cúpula da Rocinha (CV) executar traficantes no Vidigal

Muito se fala que a decisão da cúpula do tráfico da Favela da Rocinha de executar comparsas no vizinho Morro do Vidigal, entre eles o frente da comunidade conhecido como Garcia no último fim de semana, se deveu aos sucessivos roubos ocorridos nos arredores das duas comunidades, inclusive de mansões.

Em julho do ano passado, uma mulher foi vítima de um roubo em um casarão em São Conrado. Ela foi abordada por dois homens com armas curtas que diziam. ‘Não grita, isso é um assalto. Me dá o dinheiro e as joias”.

A vítima pegou no armário as joias mas mas os indivíduos diziam que queriam mais dinheiro e mais joias;

Os bandidos viram um cofre e exigiram a senha, Um deles arrancou o cofre de dentro do armário e a mulher afirmou que não sabia a senha e não tinha mais nada.

Os ladrões ainda exigiram as gravações das câmeras e a vítima disse que não sabia onde estava e que provavelmente não estava gravando;

Os suspeitos levaram também dois faqueiros no armário da sala; Perguntaram onde havia um telefone e o arrancaram da cozinha; Subiram com a vítima e a trancaram no banheiro do quarto da filha.

Um dos suspeitos de praticar o crime, Emanuel dos Santos, teve sua foto divulgada pelo Portal dos Procurados em 27 de dezembro.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo