Casos de PolíciaDenunciainvestigaçãoOperação Policial

Confira conversas entre os dois traficantes internacionais de armas soltos por alvarás falsos

A investigação sobre a quadrilha de traficantes internacionais de armas comandada por Frederik Barbieri tem escutas que mostram conversas entre os dois integrantes da organização que foram soltos no ano passado: João Filipe Cordeiro Barbieri e João Victor Silva Roza, o Negão, beneficiados por alvarás soltos.


Negão prestava contas das negociações por ele realizadas a Filipe  informando da dificuldade de bater a meta de vendas estipulada por Frederik.


  João Victor: Oi 
FILIPE: coe primo..como é que tá o andamento aí? 
João Victor: ué caindo pra dentro, mano.. 
FILIPE: E a previsão como é que tá? 
João Victor: Po que que acontece, eu to com cento e noventa aqui agora, entendeu? é vou mandar nele lá esses cento e noventa mais tarde. Eu tenho que pegar mais um dinhero. Vou inteirar pelo menos uns trezentos.. 
FILIPE: Cara não me resolve..papo reto.. 
João Victor: Não olha só eu vou inteirar os trezentos, mas tem outro cara ali que eu tenho que pegar mais quinze, mais cento e quinze alí com ela. Po vai chegar bem próximo mano 

FtLIPE: Po tem que chegar mais próximo do quinhentos mano. Mais rápido possível.. 
João Victor: Não eu to fazendo o mais rápido. Eu tava com o cara ali que ia pegar dois ali, dois não, ele ia pegar três.. mas só que ele falou do biscoito, num tem o biscoito? 
FILIPE: To ligado não.. 
João Victor: Po o biscoito cara que acopla naquela caixinha..Então ele tava falando isso ai. Tá falando pra caralho, ta questionando toda hora. Já dei minha palavra, falei varias paradas pro cara, mas só que está aguardando. 
FILIPE: Então vê aí parceiro..porque senão vai ser foda cumpadi.. já está aqui bolado 
João Victor: Eu sei mano eu to caindo pra dentro de verdade mesmo. Não to nem domindo direito. 
FILIPE: Tem que pagar o bagulho amanhã. Passou de amanhã é setenta e cinco conto..

João Victor: Eu sei, mas vai chegar bem próximo, que que acontece, eu não tem nem contando com esses cento e quinze não cara, entendeu? Eu to contando com oitenta e cinco que eu tenho que pegar ali, com mais quarenta, entendeu. Com mais esse aqui. O cara vai mandar pra mim, só que só vai mandar a noite. Depois de dez horas.. Leva amanha, eu preciso amanhã entendeu? 
FILIPE: Entendi 
João Victor: é feriado aqui 
FILIPE: Se amanhã não tiver isso ai, é setenta e cinco conto que tem que pagar..Da tua conta.. 
João Victor: Da minha conta? Que isso. Faz isso não, to caindo pra dentro de verdade,. 
FILIPE: Então bota pra caminhar cumpadi.. 
João Victor: To botando, daqui ali… 
FILIPE: Senão tu vai ficar me pagando de novo a merrequinha.. todo mês.. 
João Victor: Que isso eu não aguento não. Não aguento não.. Vem cá eu dou o prazo do biscoito até quando cara? Pros caras… 
FILIPE: Cara já comprei.. acredito que nessa leva agora não dá. Na próxima já vai.. 
João Victor; Na outra leva ne? 
FILIPE: dentro de quinze dias ta descendo..  
OUTRA CONVERSA
  FILIPE: Qual a previsão que vote tem de zerar comigo? 
João Victor: Caralho mano eu to caindo pra dentro. Sabe o que ta faltando aquele negócio lá do biscoito mano. Os cara tão reclamando direto. 
FILIPE: Isso dai sempre falta parceiro. Eu já falei que vai chegar, não adianta você falar isso comigo, to te perguntando qual a previsão. Que que tem que falta. conforme for eu vou direcionar maluco. Ja me fudeu, hoje eu já sentei com a bunda 
João Victor: Eu sei cara, to tentando aqui cara to terminando entendeu? 
FILIPE: Mas quanto..eu preciso saber..que eu vou ter que pagar agora mais esse setenta e cinco conto. Já caiu na minha conta mesmo. Agora já não tem mais jeito, preciso saber.. 
João Victor: vai cair na tua conta o que cara. Falei contigo a gente divide essa parada ai cara..vou fazer o que. tu acha que eu não quero zelar essa parada contigo mais rápido possível cara. 
FILIPE: Então mas como é que tá, como é que tá o andamento, preciso saber como é que ta o andamento parceiro. Que que ainda tem, que que falta receber.. 
João Victor: Então cara, que que acontece eu to com um negócio pra receber ai cara você viu a televisão hoje? 
FILIPE: Não. João Victor; Porra ta estranhão aqui do outro lado aqui na maré. Entendeu? ta estranhão.. 
FILIPE: Eu não vejo televisão dai.. 
JOÃO: É ta estranhão..teve opera ali o caralho, bagulho ta doidão.
. porra..falei vou me adiantar hoje lembrou essa porra toda ai …e eu to só nos apontamento cara pra pegar um dinheiro ali outro ali, po vou sanar lago cara contigo o mais rápido possível.. 
FILIPE: O material tu já entregou tudo? 
João Victor: Não, não entreguei não eu tenho cinco material lá. Cinco material lá ainda entendeu? 
FILIPE: Eu vou ver o que que eu vou fazer pra direcionar esse bagulho mano. Eu preciso de dinheiro.. 
João Victor: Que? 
FILIPE: Eu vou ver o que eu faço pra direcionar isso mano ta ouvindo? Preciso pagar minhas contas cara.. 
João Victor: Que que acontece tá difícil só por causa disso ai cara, ontem quase que eu fiz uma loucura que o cara queria, pa..quase que eu peguei dois. tipo assim ia pegar dois ia pegar dois biscoito daquele ia botar num ali pro cara pagar dois..e depois eu ia falar contigo, mas eu fiquei com medo de fazer um bagulho desse e depois você me dar um esporrão cumpadi.. 
FILIPE: Parceiro o papo é o seguinte..meu cumpadi é novo é zero, só veio um mas fica tranquilo, que eu vou te forrar tu vai fiar forrado, eu to te devendo um e acabou mano.. 
João Victor: Po eu sei cara.. 
FILIPE: Po que não sei o que, que inhe inhe inho, meu irmão porra. Tu já viu quanto tempo eu to trabalhando aí e nunca deixei furo..um abraço, o cara vai reclamar. reclamar é normal, depois que inventaram o … nunca mais ficou.

Fotos divulgadas para ajudar na prisão

O Portal dos Procurados divulgou neste sábado (13), um cartaz para ajudar as investigações da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária – SEAP, sobre a possível localização des dois.

Condenado a 27 anos de prisão por associação para o tráfico e tráfico internacional de armas, João Barbieri deixou a cadeia, pela porta da frente graças a uma fraude. Enteado de Frederick Barbieri, conhecido como o “Senhor das Armas” e que está preso nos Estados Unidos, ele usou um alvará de soltura falso. 

João Filipe é apontado como um dos maiores traficantes de armas do mundo e era um dos principais integrantes da quadrilha do padrasto. O bando foi responsável por enviar milhares de fuzis para o Brasil, que seriam distribuídos para as maiores facções criminosas do Rio de Janeiro. As armas eram escondidas em aquecedores de piscina. João estava preso desde 2017 e saiu da cadeia em 18 de novembro de 2020, segundo as investigações.

Ao descobrir o esquema, a Justiça Federal, ordenou a prisão imediata também de João Victor Silva Roza, solto por meio da mesma falcatrua. A Justiça estaria colocando na Rede Alert da Interpol, os dois criminosos, que já são considerados foragidos da Justiça.  

O Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial do Ministério Público Federal (MPF), por meio do procurador da República no Rio de Janeiro Eduardo Benones, instaurou na última quinta-feira (11) a Notícia de Fato 1.30.001.000570/2021-38 para apurar a fuga de João Filipe Barbieri da penitenciária de Bangu, em 18 de novembro de 2020, por meio de alvará supostamente falso.

Foram expedidos ofícios, em caráter de urgência, à Secretaria de Administração Penitenciária do Estado do Rio de Janeiro, requisitando todas as informações pertinentes aos fatos narrados, inclusive cópia do suposto falso alvará de soltura de João Filipe Barbieri, bem como a 8ª Vara Federal Criminal.

Além disso, foi expedido ofício ao desembargador relator do processo na Justiça Federal, Marcelo Granado, dando ciência da instauração do procedimento do MPF.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo