Casos de PolíciaComando VermelhoinvestigaçãoOperação PolicialPrisão

Conheça o perfil de Estrela, traficante amazonense ex-Família do Norte que se uniu ao CV no Rio

Muito antes de vir se esconder em uma favela do Comando Vermelho (CV) no Rio de Janeiro para quem fornecia skunk colombiano e acabou presa hoje, a traficante amazonense Luciana Uchoa Cardoso, a Estrela, fazia parte da facção criminosa Família do Norte (FDN), que virou rival do CV no Norte do país. 


Era figura importante dentro da FDN. Os integrantes a chamavam de ‘senhora’, um respeito que não era muito usual”.

Em Manaus, era apontada como ‘Terror da Alvorada’, região que fica no Centro-Oeste da capital amazonense. Dava ordens, mandava matar.


Ela é suspeita de ser mandante do assassinato da recepcionista Bruna Freitas, 23, que trabalhava em um restaurante. A jovem, que era sua amiga, foi executada a tiros por se relacionar com um rival de Estrela.

Luciana também foi apontada, em 2015, pela Polícia Federal como a responsável pela contabilidade e lavagem do tráfico comandado pelo marido, Marcos Pará.


Chegou a ser presa em 2019. Na época, foi detida por ter rompido a tornozeleira eletrônica mas pagou fiança e saiu.


Seu irmão, Winchester, foi decapitado na cadeia por ser considerado traidor da FDN. Ele foi preso no Rio. 

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo