AssaltoCasos de Políciahomicídio

Conheça os crimes de Dalton, apontado como mandante do assassinato da jovem Bianca Lourenço

Apontado como o mandante do assassinato da jovem Bianca Lourenço, de 24 anos, Dalton Luiz Vieira Santana, se notabilizou nos últimos anos em planejar e partivcipar de assaltos com uso de extrema violência.

Um deles, em 2019, consistiu em uma invasão a um condomínio de empresas localizado na Estrada Rio D’ Ouro, nº 801, bairro Pavuna, nesta cidade, pelos fundos da empresa, oportunidade em que seus comparsas renderam os vigilantes e subtraíram os revólveres calibre 38 das vítimas, estando armados com fuzis e pistolas e utilizando diversos veículos na empreitada;

Os denunciados e seus comparsas não identificados se dirigiram até a porta da empresa Fast com diversos equipamentos para romper a porta de acesso do depósito da empresa, e subtrair as mercadorias que ali estavam depositadas, o que não ocorreu por circunstâncias alheias à vontade dos denunciados, consistente na chegada dos agentes policiais que haviam sido acionados pela vigilância. 

Com a chegada policial, os denunciados e seus comparsas se evadiram do local, abandonando no pátio da empresa cinco veículos utilizados na empreitada criminosa.

Um dos comparsas de Dalton confirmou que ele quem idealizou a empreitada criminosa. O outro disse que ele era o responsável pelos roubos perpetuados por bandidos da Nova Holanda, no Complexo da Maré.

Em 2018, Dalton atacou um motorista de caminhão na Linha Vermelha e determinou que a vítima dirigisse seguindo um veículo Kia Sportage. Juntamente com o acusado, outros elementos fortemente armados, ainda não identificados, atuaram na ação delituosa. 

Os meliantes subtraíram o caminhão que estava carregado com produtos médicos. Após a ação, a vítima foi liberada. 

 Em 2016, um motorista de caminhão, estava na Rodovia Washington Luiz, sentido Petrópolis, prestando serviço de entrega de carga (195 caixas azeites da marca Quinta do Cais) para a empresa LLF Mathias, quando um veículo Tucson, de cor prata, o emparelhou, apontando armas em sua direção e determinando que parasse o veículo. 

O motorista obedeceu a ordem de imediato, parando o veículo. Logo após, os roubadores determinaram que ele saísse do caminhão e entrasse no veículo Tucson. 

Um dos bandidos assumiu a direção do caminhão em companhia de comparsa não identificado, levando a carga para lugar desconhecido. Enquanto Dalton Luiz, que portava um revólver calibre 38, junto a comparsa não identificado, manteve a vítima dentro do veículo Tucson, restringindo sua liberdade, trafegando nas Ruas desta cidade por aproximadamente 30 minutos, tendo deixado o lesado na entrada da favela Beira Mar sem seu celular e carteira, fugindo em seguida.

Em 2011, Dalton foi condenado a seis anos de prisão por roubo.

No ano anterior, já havia sido condenado por tentativa de latrocínio Ele e comparsas atiraram no carro dirigido por uma mulher após determinar que ela parasse e saíssse do veículo. Fez isso quando fazia outro motorista de refém. Pegou oito anos e cinco meses.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo