Casos de Políciamilícia

Cuidado!!! chefe da milícia de Itaboraí virou ladrão

Em liberdade e suspeito de ser o atual comandante de uma milícia que domina várias localidades em Itaboraí, o ex-PM Alexandre Loback Geminiani, o Playboy, adicionou mais duas anotações à sua ficha criminal depois que veio à tona a existência da quadrilha que aterroriza moradores do município.

Ele teve a prisão preventiva decretada pelo crime de roubo majorado e teve pedido o acautelamento também por receptação. A dinâmica dos dois delitos, no entanto, ainda não foi revelada nos autos.

Segundo a Justiça, o acusado é um indivíduo perigoso, possuindo várias anotações em sua ficha criminal, inclusive, por suspeita de integrar organização criminosa, homicídio, dentre outros, o que indica sua personalidade voltada para a prática de delitos, sendo assim imprescindível a imediata retirada do indivíduo do meio social, a fim de garantir a ordem pública.

Loback está sendo processado também por envolvimento na chacina de dez pessoas ocorrida em Itaboraí em janeiro do ano passado.

Ele assumiu a liderança da milícia após a prisão dos antigos líderes, Renatinho Problema e Pietro. Foi reconhecido por testemunhas que confirmaram a sua presença portando armas de fogo na companhia de outros milicianos, em ´rondas´ na região.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo