Casos de PolíciaComando VermelhoinvestigaçãoPrisão

Da Providência (CV), traficante Macarrão comandava o crime em São João Nepomuceno (MG). Veja perfil



Preso no Morro da Providência hoje, o traficante mineiro Roger Pereira Moizinho, o Macarrão, já havia sido detido no Rio em setembro de 2017 sendo acusado do crime de receptação. 

Alegou na época ter sido agredido durante a abordagem  quando foi jogado no chão para ser algemado. 

Acabou tendo concedida liberdade provisória e foi determinado que teria que cumprir medidas cautelares.  

Pelo menos desde 2018 comenta-se que ele estava escondido na Providência. 

Também respondeu no Rio a dois processos por lesão corporal decorrente de violência doméstica contra mulher, sendo um deles arquivado.

Macarrão, transformou o crime na cidade de São João Nepomuceno, em Minas Gerais.

Neste município, recrutou vários bandidos  e passou a dominar o comércio de drogas em três bairros Três Marias, Bela Vista e Santa Rita, onde neste último ocorreu a ação mais violenta do bando com vários assassinatos contra criminosos rivais. 


A quadrilha de Macarrão entrava pesadão em comunidades de São João Nepomuceno eliminando pessoas que cruzassem o seu caminho.


As drogas vendidas em Nepomuceno vinham da Providência. 

Determinava ainda que seus subordinados depositassem em contas bancárias os lucros auferidos com a venda de drogas como forma de dissimular a origem do dinheiro.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo