Casos de Polícia

De acordo com delegado, ‘tudo indica’ que militares atiraram contra família por engano.

“Foram diversos, diversos disparos de arma de fogo efetuados, e tudo indica que os militares realmente confundiram o veículo com um veículo de bandidos. Mas neste veículo estava uma família. Não foi encontrada nenhuma arma [no carro]. Tudo que foi apurado era que realmente era uma família normal, de bem, que acabou sendo vítima dos militares”, afirmou o delegado em entrevista à TV Globo.

Segundo o delegado Leonardo Salgado, da DH do Rio de Janeiro, tudo leva a crer que os militares do Exército, atiraram contra o carro que estava Evaldo dos Santos Rosa, ao confundirem o veículo com o de assaltantes.

Um carro com uma família que estava a caminho de um chá de bebê, foi atingido por mais de 80 tiros, de acordo com perícia realizada pela Polícia Civil.

Evaldo dos Santos Rosa, foi atingido pelos disparos e morreu na hora.Sérgio, sogro de Evaldo, foi atingido nos glúteos e seu quadro é estável. A esposa, o filho de 7 anos e uma amiga não se feriram.Um pedestre que tentou ajudar a família também acabou ferido, e até essa reportagem não havia informações sobre seu estado de saúde.

Devido a dificuldade dos militares realizarem a perícia na cena do crime por causa da revolta dos moradores, a Polícia Civil teve que ser chamada para realizar a ação. Todos os militares envolvidos na ação foram ouvidos por uma delegacia militar.

“Foram diversos, diversos disparos de arma de fogo efetuados, e tudo indica que os militares realmente confundiram o veículo com um veículo de bandidos. Mas neste veículo estava uma família. Não foi encontrada nenhuma arma [no carro]. Tudo que foi apurado era que realmente era uma família normal, de bem, que acabou sendo vítima dos militares”, afirmou o delegado em entrevista à TV Globo.

O veículo da família, segundo testemunhas, foi confundido com um veículo da mesma cor que passou momentos antes pelos militares.

Evaldo dos Santos Rosa era um músico e foi atingido pelos disparos efetuados pelos militares e não resistiu aos ferimentos. Foto: Reprodução Facebook

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo