Denúncia aponta que Lacoste (TCP) teria aumentado valor de taxa cobrada a moradores e comerciantes de Madureira

Denúncias publicadas em redes sociais que têm como temática o crime organizado no Rio de Janeiro informam que o traficante Wallace de Brito Trindade, o Lacoste, que comanda o Morro da Serrinha, em Madureira, na Zona Norte do Rio, teria aumentado para R$ 150 o valor da cobrança quinzenal das taxas a moradores e comerciantes.

Ainda segundo a denúncia, Lacoste teria se aliado a milicianos que atuam no Campinho e quer aumentar seus lucros tendo em vista a uma possível invasão do Comando Vermelho a seus redutos.