Casos de PolíciaGuerra entre facçõeshomicídiosmilíciaOperação Policial

Duas semanas antes de carnificina no bar do Peixe em Belford Roxo, bonde de traficantes suspeito da matança tentou matar milicianos na cidade em ataque que deixou dois inocentes mortos

Duas semanas antes do ataque ao Bar do Peixe em Belford Roxo, em 29 de junho de 2019, que deixou quatro mortos e pelo menos 13 feridos, traficantes do Bonde do Alladin haviam tentado matar dois milicianos da Nova Aurora em atentado que deixou dois inocentes mortos.


Na época que ocorreu os fatos, se especulou que o ataque no bar teria sido uma briga entre milicianos e traficantes e que o Bonde do Alladin poderia estar por trás. A Polícia Civil não revela o conteúdo das investigações.

Na ocasião, surgiu também a informação de que um alvo dos atiradores no bar do Peixe era um miliciano conhecido como Balrog, que acabou morto.


Em 15 de junho, o Bonde do Alladin fez um ataque a um lava jato com objetivo de matar os milicianos Pará e Jaquinha. Apenas o primeiro estava no local e não foi atingido. Lucas Alves e Cristiano Moreira da Silva, que nada tinham a ver com a história, morreram.

Neste ataque, o grupo de Alladin agiu com fuzis,armas de calibre 9mme .40 e ainda teria lançado uma granada.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo