Casos de PolíciaTiroteio

Estudante corre risco de perder parte dos movimentos das pernas após ser baleada na Mangueira, no Rio

Uma estudante de 18 anos corre o risco de ter o movimento das pernas prejudicado depois de ser baleada dentro de casa na Mangueira, Zona Norte do Rio.

Há seis dias, a família de Lorena passa as noites rezando pela recuperação da jovem.

Segundo a família, a jovem tinha saído da escola e foi para a casa de uma amiga na localidade conhecida como Campinho.

O colégio dela, o Ciep Nação Mangueirense, havia liberado os alunos mais cedo por conta de um tiroteio que cancelou as aulas na quarta-feira (8).

Lorena passou por cirurgia no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro da cidade, e passa bem, mas ainda corre o risco de ter o movimento das pernas prejudicado.

Em nota, a assessoria da Polícia Militar confirmou, por meio de nota, que equipes da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) e da UPP Mangueira realizaram, naquela manhã, uma operação na comunidade e que houve confronto com bandidos.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo