Casos de PolíciaFeminicídio

Estudante da Uerj postou ‘pedido de socorro’ antes de morrer, dizem amigos

A universitária Luiza Nascimento Braga, encontrada morta na casa do namorado no bairro do Anil, em Jacarepaguá, postou uma mensagem sobre relacionamento abusivo pelo menos uma semana antes de sua morte.

“Se você se cala diante de uma atitude ou situação que não gostou, dá ao outro passe livre para continuar te magoando”, diz a postagem compartilhada de uma página que fala sobre relacionamento abusivo.

 Os amigos de Luiza foram até a publicação e deixaram mensagens, relacionamento a postagem da estudante como um pedido de socorro.

O pai da estudante reforçou a suspeita do ex-companheiro ser o assassino da universitária.

Ele não aceitou, fazia chantagem, ia para médico, ligava para minha esposa querendo falar com ela”, lembrou Luiz Antonio Pereira Braga.

Após não conseguirem contato, os pais então decidiram ir até a casa do suspeito, no sábado.

Segundo Luiz Antonio, a filha nunca comentou sobre uma possível violência que o namorado tenha cometido, mas disse que o suspeito, estudante da Uerj, era inseguro quanto ao relacionamento com Luiza.

“O que queremos é justiça, que encontrem ele para que pague pelo que fez, para não acontecer com outras famílias”, lamentou o pai.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo