Casos de Políciamilíciamorte em confronto

Ex-PM membro do Escritório do Crime é morto em confronto com a Civil

*

A Delegacia Especializada de Armas, Munições e Explosivos (DESARME), em ação da Força-tarefa das delegacias especializadas de combate às milícias, realizou operação para prisão de narcomiliciano e um dos líderes do grupo de assassinos de aluguel, autointitulado Escritório do Crime, nesta sexta-feira (12/02), na Comunidade da Sefa, em Ramos.

Durante uma investigação contra narcomilicianos, agentes da DESARME descobriram o paradeiro de Anderson de Souza Oliveira, o Mugão, acusado de pertencer ao chamado Escritório do Crime.

Durante a ação, Mugão efetuou disparos de arma de fogo contra os polícias, mas foi neutralizado e socorrido para Hospital Getúlio Vargas, não resistindo aos ferimentos. Com ele foram apreendidos uma pistola, um revólver e uma mochila com anotações sobre cobranças de alugueres.

As investigações continuarão no sentido de sufocar as fontes de renda desse miliciano e do seu grupo.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo