Casos de Políciahomicídios

Governo do Rio diz que homicídios em março tiveram o menor número em 30 anos

Os números referentes a março divulgados nesta quinta-feira (29/04) pelo Instituto de Segurança Pública (ISP) mostram que os homicídios dolosos no estado apresentaram queda de 16% na comparação com o mesmo mês do ano passado, o melhor resultado para o mês desde o início da série histórica iniciada em 1991, ou seja, há 30 anos. 

Na contabilização do primeiro trimestre de 2021, o indicador de homicídio doloso registrou redução de 13% em relação ao mesmo período do ano anterior, alcançando também o melhor desempenho da série histórica. Além do declínio dos crimes contra a vida, os números do ISP indicaram reduções expressivas nos indicadores dos crimes contra o patrimônio mais impactantes – roubos de rua, de veículos e de carga. 

Vale destacar que um estudo divulgado este mês pelo ISP, com uma análise do impacto do coronavírus nos crimes no estado, mostrou que a queda do número de homicídios, como também de roubos de veículos e de carga, não está relacionada apenas à pandemia. Foi resultado do empenho das forças de segurança do estado, que têm trabalhado de forma cada vez mais integrada. 

Além das reduções dos indicadores criminais estratégicos, essa integração tem possibilitado também o aumento do número de armas apreendidas. Em março, as forças de segurança que atuam no estado apreenderam 638 armas, sendo 43 fuzis. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, houve um aumento de 13% nas apreensões de armamentos e de 19,44% nos fuzis. Nos três primeiros meses do ano, 1.910 armas foram confiscadas, 136 delas, fuzis. Isso significa que, em média, um fuzil foi apreendido por dia em 2021 no estado.

INDICADORES DE VIOLÊNCIA EM QUEDA

O indicador crimes violentos letais intencionais, que agrega homicídios dolosos, lesão corporal seguida de morte e latrocínio, teve queda de 15% em março e de 12% no primeiro trimestre deste ano na comparação com 2020. Os 326 registros de março representam o menor valor para o mês desde 1999.

Os roubos de veículos apresentaram retração de 20% no primeiro trimestre de 2021 contra o mesmo período de 2020. Se compararmos apenas o mês de março, com 2.367 registros, teremos uma queda de 3% em relação ao ano passado. Já o roubo de carga (397 casos) caiu 18% nos três primeiros meses deste ano na comparação com 2020.

Os roubos de rua (roubo a transeunte, roubo de aparelho celular e roubo em coletivo) registraram redução de 25% em relação ao acumulado do ano e de 8% em relação a março de 2020.

Os dados divulgados pelo ISP são referentes aos registros de ocorrência lavrados nas delegacias de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro no mês de março.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo