Casos de PolíciaDenunciaViolência

Guarda Municipal quase foi morto por homens depois de ter perguntado que cigarro um deles trazia pendurado na orelha. Veja como escapou

 Um guarda municipal de Casimiro de Abreu quase foi morto por suspeitos depois de ter perguntado a um deles que cigarro estava pendurado em sua orelha.


O caso ocorreu em 30 de agosto na cidade de Rio das Ostras. O agente contou que estava na frente de uma loja, quando três elementos passaram ao seu lado, sendo que um deles estava com um cigarro, aparentando ser maconha, de tamanho exagerado na orelha, ocasião em que a vítima brincou falando ‘que cigarro é esse aí’, mas os homens não gostaram da brincadeira e, alterados, chamaram a vítima de X9 e a ameaçaram, dizendo que iam voltar para resolver. 


De acordo com a vítima, minutos depois, os três elementos voltaram, dois deles em uma bicicleta e um outro ficou na esquina, vigiando. 


Ao se aproximarem da vítima, o carona da bicicleta efetuou diversos disparos de arma de fogo na sua direção, os quais não atingiram o guarda, porque este se abrigou na loja. 


Na delegacia, a vítima reconheceu o custodiado como sendo o elemento que ficou na esquina, vigiando, além de ter reconhecido o carona da bicicleta, que efetuou os disparos em sua direção.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo