Baixada FluminenseCasos de PolíciaGuerra entre facçõesmilíciaTerceiro Comando Puro

Guerra de milícias pode ter provocado morte de PM em Belford Roxo

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense está investigando a morte do policial militar Luiz Carlos de Almeida da Silva Júnior, ocorrida na noite da última sexta-feira (10/4), em Belford Roxo.

O policial foi atingido por disparos de arma de fogo na Rua Atlântica, no bairro de Santa Maria, e foi socorrido ao Hospital Municipal de Belford Roxo, onde não resistiu aos ferimentos. Ele estava de folga quando houve o crime.

Informações que circulam nas redes sociais é que o policial teria sido morto em razão de uma guerra entre milícias rivais no município.

Segundo o que está sendo publicado, o grupo paramilitar que atua na localidade do Babi teria atacado a Santa Maria por não concordar com uma suposta aliança entre milicianos e traficantes do Terceiro Comando Puro (TCP), a chamada união 5.3.

Os milicianos bateram de frente com o carro do policial e o mataram, de acordo com informes.

O soldado Silva Júnior tinha 36 anos e estava na corporação desde 2014.O militar deixou esposa e três filhos.

As investigações estão em andamento na Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) para apurar os fatos. Os agentes procuram possíveis testemunhas e imagens de câmeras de segurança instaladas na região onde ocorreu o fato para tentar identificar a autoria do crime.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo