Casos de PolíciaComando VermelhoDenunciaGuerra entre facções

Guerra em Madureira: Serrinha (TCP) teria recebido carregamento de fuzis para invadir favelas do CV junto com a milícia. Inocentes foram baleados

O Complexo da Serrinha, em Madureira, teria recebido um carregamento de novos fuzis há cerca de duas semanas, segundo denúncia enviada à reportagem.

O plano dos bandidos locais é que, associados a milicianos, tomarem as comunidades do Cajueiro e da Congonha e dividirem o controle das favelas.

Ao mesmo tempo, os traficantes tentam se proteger de ataques de rivais do Morro do Juramento.

Na última noite, houve mais confronto entre bandidos da Serrinha e do Cajueiro. Pelo menos três pessoas, que seriam inocentes, foram feridas.

A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informa que, na madrugada desta sexta-feira (8/1), equipes do 41° BPM (Irajá) foram acionadas para checar a entrada de três pessoas feridas por disparos de arma de fogo na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Irajá, Zona Norte da Cidade do Rio. Chegando ao local, os policiais constataram o fato. Informações preliminares dão conta de que os três feridos são da Comunidade da Serrinha, em Madureira, localidade que passa por uma disputa territorial entre grupos de criminosos rivais. O policiamento está reforçado na região da comunidade. A 29ª DP foi acionada para registro do fato.

Durante o dia, os criminosos também entraram em confronto levando pânico aos moradores.

Há relatos de que o traficante conhecido como Messi, que comandava o Morro do Urubu, em Pilares, estaria escondido na Serrinha tramando uma invasão ao seu antigo reduto.

Mostrar mais

PUBLICIDADE

Aguarde 10 segundos e clique em fechar publicidade para visualizar a notícia.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Encontramos um bloqueador de anúncios em seu navegador. Desabilite-o para navegar