Casos de PolíciaComando VermelhoGuerra entre facçõeshomicídioPrimeiro Comando da Capital

Guerra entre CV e PCC propiciou banho de sangue em Três Rios

Uma guerra entre as facções criminosas Primeiro Comando da Capital (PCC) e o Comando Vermelho (CV) é a razão investigada para o banho de sangue ocorrido na noite da última terça-feira na Ladeira das Palmeiras, em Três Rios, região Centro Sul Fluminense, segundo a página Ronda Policial. Uma pessoa morreu e outras sete foram baleadas.

Segundo informes, um grupo intitulado Bonde dos Crias, ligado ao PCC, teria soltado uma nota ontem com uma lista de jurados de morte.

Esse grupo teria dado a entender que assumiu a morte de Iuri, um dos mortos na matança da Ladeira das Palmeiras, e as tentativas de homicídio.

De acordo ainda com a nota do Bonde dos Crias, a ação de ontem foi uma retaliação da Chacina da Maria Bonita ocorrida em agosto de 2019, a época homens armados liderados por Toco invadiram o bar matando quatro homens. Com a morte de Iuri sobe para 10 o número de assassinatos em Três Rios em 2020.

As vítimas de ontem estavam reunidas em um churrasco supostamente bancado por traficantes. O evento foi invadido e foi aberto fogo contra os participantes.

A vítima fatal do fato foi Iuri Roberto Ricardo da Silva de 20 anos. Seriam pelo menos sete feridos.

Os sobreviventes foram levados para a UPA do Triângulo e para o Hospital Nossa Senhora da Conceição no Centro. Três adolescentes, dois de 13 e um 17 anos, dois homens de 24 e 48 anos, uma grávida de 40 e uma criança de 4 anos foram baleadas.

Desde primeiro momento, o delegado titular da 108ª DP (Três Rios) e a equipe da perícia técnica criminal foram para o local. Diligências estão em andamento.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar