Casos de PolíciaComando Vermelhohomicídio

Homem estava no carro de PM que morreu carbonizado e conseguiu fugir dos traficantes

Achado morto com o corpo carbonizado em Nilópolis, na Baixada Fluminense, o policial militar Anderson Pereira Pinto foi assassinado por ter entrado por engano na comunidade da Chatuba, em Mesquita, controlada pelo Comando Vermelho (CV).

Segundo relatos de um homem que estava no mesmo carro e conseguiu fugir, ele, o PM e mais uma outra pessoa foram cercados por diversos homens armados.

Ele contou que conseguiu sair do local correndo e ouvindo diversos disparos de arma de fogo, após isso não sabendo mais da localização dos seus amigos. .

No andamento do fatos, chegou uma ocorrência via 190 informando que na Rua Joaquim Máximo Soares número 1414 bairro Cabral em Nilópolis havia um veículo Renault Captur com as mesmas características totalmente carbonizado com dois corpos no interior, um deles do PM Anderson.


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo