Casos de Políciahomicídio

Homem que está preso é suspeito de matar enteada de dois anos por asfixia por se irritar com choro

Raphael Fernandes Ferreirinha, que está preso desde o último dia 18, suspeito de ceifar a vida de sua enteada, Nicolly da Conceição Macedo, de apenas dois anos de idade, em 19 de janeiro, na comunidade Rio das Pedras, em Jacarepaguá. 


 O motivo teria sido fútil, qual seja, suposto incômodo pelo choro da criança que, ao acordar, chamava pela mãe, companheira do denunciado. 


O crime imputador, homicídio duplamente qualificado consumado com agravante por ser a vítima criança, além de hediondo, possui pena máxima superior a 04 (quatro) anos de reclusão.


 O fato tem uma gravidade concreta alta. Além disso, o acusado tem sobrinhos e outros enteados, podendo eles serem as próximas vítimas.
Conforme depoimento, Raphael teria personalidade impaciente e nervosa, sendo usuário de maconha e cocaína. 

A mãe da menina declarou que ao ver ela morta pegou a mesma no colo e foi para a rua pedir ajuda, porém não conseguiu encontrar ninguém e voltou para o interior da casa.

Ela contou que falou com Raphael e que o mesmo temia voltar pra casa com medo de represálias dos familiares da declarante , e também por conta de uma postagem na rede social Facebook , inclusive possui a mesma arquivada no seu telefone celular , que dizia que o suspeito havia estuprado e matado Nicolly.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo