Casos de PolíciaComando VermelhoDenunciainvestigaçãoOperação PolicialPrisãoTiroteiotráfico de drogas e armas

Investigação relatou áreas mais perigosas para policiais no Jacarezinho (CV) e principais rotas de fuga dos bandidos. Outros agentes já foram mortos na favela

Inquérito da Polícia Civil relatou que as ruas Amaro Rangel, Guarani e as localidades de Pontilhão, Síria e Lacerda são as mais perigosas da Favela do Jacarezinho onde ataques a policiais acontecem ou aconteciam com incidência alta. Outras artérias importantes do crime são as ruas do Valão e Darcy Vargas e o Campo do Abóbora. 


A investigação relatou que o Jacarezinho costumava abrigar membros do Comando Vermelho (CV) de outras favelas, como a Mangueira.


E quando ocorria intensos confrontos na comunidade, os bandidos recolhiam fuzis e pistolas e fugiam para outras próximas da mesma facção, como Bandeira 2 e Carioca. 


Foi no Jacarezinho que foi morto o policial da CORE Bruno Guimarães Buhler. Na época do fato, os agentes foram resgatar o corpo e os traficantes atiraram novamente nos policiais.  Um PM também foi morto em tiroteio na comunidade em 2017. O soldado Michel de Lima Galvão, tinha 32 anos.


Os principais líderes do tráfico no Jacarezinho, Adriano de Souza Freitas, o Chico Bento e Felipe Ferreira Manoel, o Fred, quando foram presos em 2016 chegaram a oferecer uma propina de R$ 1 milhão a policiais para não irem para a cadeia. Hoje, eles estão soltos mas por não terem retornado a prisão após receberem indultos. 


Quando eles foram presos, chegaram a pular de laje em laje, circularam por vielas e foram pegos dentro de uma residência da comunidade.

Nos dias 6 e 7 de janeiro de 2019, moradores da favela do Jacarezinho viveram um clima de terror

Após a morte do soldado da PM Daniel Henrique Mariotti, morto em um assalto, policiais de várias delegacias da Polícia Civil, do Bope e da Core, invadiram o Jacarezinho em busca dos assassinos do agente. . Dois helicópteros deram apoio à ação.

Na época, líderes comunitários relataram que dez transformadores foram destruídos por disparos 

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo