Casos de Polícia

Justiça aceita denúncia contra policial que agrediu dona de lanchonete no Rio

O cabo da Polícia Militar Augusto Cesar Lima Santana que espancou a dona de uma lanchonete em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, virou réu.

O policial irá responder por lesão corporal grave, constrangimento ilegal, ameaça e falsa identidade por ser apresentar à polícia como um delegado da Polícia Federal.

Se for condenado pelos quatro crimes, o PM pode ficar preso por até oito anos e seis meses de prisão.

PM chega à lanchonete, rende dois funcionários (entregadores que estavam na calçada) e entra no estabelecimento dando início assim à sessão de espancamento da proprietária do local.

A dona da lanchonete levou tapas, socos, coronhadas e foi até arrastada pelo cabelo.

Na denúncia, a promotora destaca que a vítima sofreu uma fratura na costela chegando a desmaiar durante a sessão de espancamento.

A defesa dele entrou com um novo pedido de habeas corpus e que está sendo analisado pela segunda instância do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo