Casos de PolíciaDenunciainvestigação

Lacoste (TCP) mandou passar com um veículo várias vezes nas pernas de um homem por ele ter oferecido dinheiro para transar com garota de 10 anos

A quadrilha do traficante Wallace de Brito Trindade, o Lacoste, chefão do Complexo da Serrinha, em Madureira, na Zona Norte do Rio, passou com um veículo nas pernas de um homem que teria oferecido dinheiro para manter relações sexuais com uma menina de dez anos. Esse homem também foi baleado mas conseguiu se salvar porque foi socorrido por uma ambulância do Corpo de Bombeiros.

Segundo a denúncia, no dia 04 de janeiro de 2020, por volta das 17h50min, no interior da Comunidade da Serrinha, na Rua Nilo Romero, nº 336, Madureira, os bandidos efetuaram diversos disparos de arma de fogo contra a vítima passando também com o veículo sob suas pernas, sendo certo que o crime somente não se consumou por circunstâncias alheias à vontade dos denunciados, quais sejam, em razão de a vítima ter sido socor-rida à tempo, por uma ambulância do Corpo de Bom-beiros.

Consta nos autos do presente procedimento que, no dia dos fatos, uma menina relatou a seu pai que a vítima teria lhe oferecido dinheiro, supostamente em troca de relações sexuais.

Em razão do narrado, o pai da menina, após desferir socos no homem, se dirigiu aos traficantes locais, a fim de buscar vingança privada.´

´Neste momento, a vítima avistou os referidos traficantes fazendo contato, via rádio, com os bandidos´, sendo certo que, minutos depois, um dos acusados, que conduzia um veículo automtor na companhia de mais dois traficantes, se aproximou e conduzia a vítima para um beco, dando início às agressões.´ ´

Quem estava na direção do veículo passou o automóvel por diversas vezes, sobre as pernas da vítima, tendo sido também o autor de disparos de arma de fogo em suas pernas,

Lacoste e um bandido de vulgo Boneco da Serrinha foram identificados como sendo os mandantes dos delitos, já emitiram a ordem e permiti-ram a ação criminosa.´ ´

Os denunciados, mediante violência e grave ameaça exercida com emprego de arma de fogo, subtraíram, para si, um aparelho celular e uma quantia de R$180,00 bens estes pertencentes a vítima.

Além de Lacoste e Boneco da Serrinha, foram denunciados pelo crime os bandidos de vulgo DG e outro chamado João Paulo.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo