Casos de PolíciaDenunciainvestigaçãoNotícias

Líderes do TCP e do PCV no Espírito Santo estão escondidos no Complexo da Maré. Um outro bandido do Estado foi preso hoje na comunidade

O Portal dos Procurados divulga nesta quinta-feira (10), um cartaz para ajudar nas investigações da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social – SESP – do Espírito Santo/ES, com informações que possam ajudar na localização e prisão de Luan Gomes Faria, o Luan Vera ou Camu, de 30 anos e Fernando Moraes Pereira Pimenta, o Marujo ou Zoi, de 39 anos. Os dois são foragidos da Justiça do Estado do Espírito Santo/ES, e estariam se escondendo no Complexo da Maré, em Bonsucesso, no Rio de Janeiro.

Um terceiro bandido do mesmo estado foi preso hoje pela Coordenadoria de Recursos Especiais na Maré. Trata-se de Luan Resende Buarque, vulgo Luanzino, procurado pelo crime de homicídio no ES.

Luan Vera, integra a facção criminosa – TCP – Terceiro Comando Puro – originada no Estado do Rio de Janeiro, e com ramificações no ES. Temido pelo poder bélico e pela forma como costuma aniquilar seus rivais, ele ganhou espaço no cenário do crime local, montando uma verdadeira “empresa” voltada para o tráfico de drogas.

Ele é apontado como chefe do tráfico de drogas do bairro Tabuazeiro, em Vitória, é o responsável pelo toque de recolher na região, além de ser o mandante do ataque a um carro e um caminhão na madrugada do dia 06 de junho de 2020. Também segundo a Sesp, Luan estaria envolvido em outros ataques realizados ao Cruzamento, Piedade, Romão, entre outros. Além disso, ele está na condição de foragido do sistema prisional.

Em desfavor de Luan constam dois mandados de prisão preventiva expedidos pela 1ª Vara Criminal de Vitória – ambos pela prática de conduta prevista no Art. 121, §2º, I do CP (Homicídio Qualificado).

Fernando Moraes, o Marujo, é o chefe do Primeiro Comando de Vitória – PCV, organização criminosa que nasceu no Bairro da Penha, Vitória-ES, através de Carlos Alberto Furtado da Silva, vulgo Beto, preso atualmente no PSMA II. Envolvido no crime desde 2014, ele é um criminoso com uma extensa ficha criminal, apontado como um homem perigoso, e um dos criminosos mais procurados pelos policiais da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vitória e está foragido desde o ano de 2017.

Contra ele constam atualmente, cinco mandados de prisão em aberto, pelos crimes de Homicídio Qualificado; Tráfico de Drogas, Associação ao Tráfico e Organização Criminosa. 

O Disque Denúncia recebe informações sobre esses dois foragidos da Justiça do Espirito Santo, nos seguintes canais de atendimento:

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo