Casos de Políciahomicídioinvestigação

Mais um homicídio para a conta de Lacoste (TCP)

A Justiça aceitou mais uma denúncia por homicídio contra o chefão do tráfico no Complexo da Serrinha, em Madureira, na Zona Norte do Rio, Wallace de Brito Trindade, o Lacoste. Os comparsas de vulgos Chelsea e Português também respondem pelo crime.

 De acordo com a denúncia em 13/04/2019, na Comunidade da Congonha, bairro de Vaz Lobo, Chelsea e Português, com indivíduos ainda não identificados, obedecendo as determinações de Lacoste teriam concorrido para a morte da vítima  Paulo Henrique Teixeira 

Ainda nos termos da inicial acusatória, Lacoste seria líder do tráfico de entorpecentes na Comunidade da Serrinha e juntamente com os Corréus e outros comparsas não identificados, todos vinculados ao grupo criminoso Terceiro Comando Puro, teriam ordenado a invasão da Comunidade da Congonha, dominada pelo Comando Vermelho, facção criminosa rival.

Durante o confronto entre os traficantes a vítima teria sido alvejada, resultando em lesões corporais que por sua natureza e sede foram a causa da sua morte.

O Ministério Público Estadual relatou que os réus  teriam se associado para a prática do comércio ilegal de drogas, vinculados à facção criminosa TCP – Terceiro Comando Puro. Lacoste seria o líder do tráfico de entorpecentes na Comunidade da Serrinha e os outros dois seriam os homens de confiança, possuindo as funções de segurança das bocas de fumo e de realizar incursões em regiões dominadas por grupos inimigos, sendo inclusive integrantes do grupo conhecido como ´Bonde do Salomão´.

Lacoste ostenta 35 anotações criminais relacionadas aos crimes de tráfico de drogas e associação para o seu cometimento e homicídio qualificado, merecendo destaque a condenação pelos delitos de tráfico de drogas e porte de arma de fogo.

Chelsea possui o registro de seis anotações criminais referentes aos ilícitos de homicídio qualificado, adulteração de sinal identificador de veículo automotor e receptação.

Já Português constam oito anotações criminais que correspondem aos crimes de tráfico de drogas e associação para o seu cometimento e homicídio qualificado, merecendo destaque a condenação definitiva pelos crimes de roubo majorado e corrupção de menores.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo