Casos de PolíciaComando Vermelhohomicídio

Mais uma morte atribuída aos chefões do tráfico na Cidade de Deus (CV)

A Justiça tem mais um processo de homicídio atribuído a um dos chefões do tráfico na Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio, Edvanderson Gonçalves Leite, o Deco, a quem são acusados também Wagner Andrade da Silva, o Galé e Carlos Henrique dos Santos, o Carlinhos Cocaína. 


Trata-se do assassinato de Luciano Ribeiro Huback ocorrido em fevereiro de 2018.  Os acusados, que tiveram neste ato recebida a denúncia contra eles formulada, são apontados como supostos autores de um homicídio qualificado, além dos crimes de destruição e ocultação de cadáver e de associação ao tráfico de drogas, todos em concurso material. 


Luciano foi morto porque os traficantes achavam que ele era miliciano. O crime ocorreu em 17 de fevereiro na localidade do Karatê, na Cidade de Deus. 


 Ademais, após a consumação do homicídio, os Acusados teriam determinado a ocultação do corpo da vítima, sendo certo que até hoje o cadáver sequer foi localizado. 

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo