Casos de Políciamilícia

Milícia toma Arraial do Cabo

Milicianos expandiram sua atuação para o município de Arraial do Cabo, na Região dos Lagos.

Em novembro, foi preso um suspeito de comandar uma quadrilha que age na localidade de Monte Alto. Ele também fazia parte de uma milícia que atua em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Em agosto, uma ação conjunta da Prefeitura, Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e Ministério Público Estadual demoliram cerca de 100 casas supostamente vendidas pela milícia dentro do Parque Estadual da Costa do Sol em agosto último. Eles agiriam em conluio com traficantes.

“A gravidade do fato narrado está evidenciada. Trata-se de invasão em série na área do Parque Estadual da Costa do Sol, conforme foi noticiado ao longo do ano de 2018, tendo o Ministério Publico, inclusive, proposto diversas ações com o fim de inibir a prática e, também, buscar a desocupação e recuperação de áreas degradadas. Pelo relato do órgão fiscalizador, bem como pelas fotografias, observa-se que não se trata de um movimento individual de uma família que buscou um local para construir sua residência e exercer o direito de moradia digna, mas de uma ação orquestrada por criminosos. As casas, como se observa, foram construídas nos mesmos padrões, com o mesmo material, próximas umas das outras, a indicar que se trata de ato coordenado e criminoso daqueles que buscam obter lucro com a especulação no local”, revela trecho da investigação.

Os paramilitares são suspeitos até mesmo de desmatar áreas da reserva. Desde 2016, a Assembleia Legislativa do Rio vinha recebendo denúncias sobre a atuação dos paramilitares no local.

Nas redes sociais, foi publicada uma denúncia no ano passado de que milicianos do Rio de Janeiro dominaram a exploração do comércio turístico da cidade, passeios de barcos, quiosques das praias, pousadas, bares e restaurantes.

A atuação no município vem de vários anos. Em 2012, a polícia já agia para desarticular uma milícia que explorava o fornecimento de sinal de TV a cabo clandestina no município.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo