Baixada FluminenseCasos de PolíciaDenunciaGuerra entre facçõeshomicídiomilíciaNotíciasNova Iguaçu

Miliciano candidato a vereador preso em julho é morto em guerra entre paramilitares em Nova Iguaçu

Domingos Barbosa Cabral foi morto após uma briga entre milicianos. Ele era candidato a vereador.

Ele atuava na comunidade do Valverde, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Domingos tinha sido preso em julho junto com o irmão, o PM André Cabral e o filho, mas foi solto e teria retomado suas atividades no grupo paramilitar.

Segundo relatos, a briga ocorreu por causa da venda de gás.

A quadrilha de Cabral teria exigido que a milícia dominada por Danilo Dias Lima. o Tandera, pagasse pelos botijões de gás.

Ele teria sido executado na Estrada de Madureira, perto do Colégio 3D, neste sábado.

Mostrar mais

PUBLICIDADE

Aguarde 10 segundos e clique em fechar publicidade para visualizar a notícia.

Botão Voltar ao topo

TESTE AGORA

Todos os canais, filmes e séries atualizados

Nos diga qual o seu Whatsapp para nossa equipe entrar em contato

 

Adblock detectado

Encontramos um bloqueador de anúncios em seu navegador. Desabilite-o para navegar