Casos de PolíciaGuerra entre facçõesmilícia

Milicianos a favor e contra a aliança com o TCP podem entrar em guerra no Rio

A morte de Thiago Souza Aguiar na semana passada em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, pode ter sido o início de uma guerra entre milicianos.

A disputa ocorre em razão de uma divergência entre os paramilitares que estão aliados a traficantes do Terceiro Comando Puro (TCP) na chamada União 5.3 com outros que não concordam com essa parceria.

Conhecido como Bobe, Thiago era irmão de Toni Ângelo Souza Aguiar, que foi chefe durante muito tempo da Liga da Justiça, a maior milícia do Rio. Os antigos aliados de Toni, que está preso desde 2013, não concordam com essa aproximação com o TCP.

Já o atual chefe do grupo paramilitar, Wellington da Silva Braga, o Ecko, tem formado alianças com traficantes e até chama a quadrilha de outros nomes como ‘Firma’ e ‘Bonde CL 220’

Lembrando que, por conta de uma briga na cadeia em 2017, o grupo ligado a Ecko e o bando de Toni romperam e hoje estão de lados opostos.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo