Casos de Políciahomicídiomilícia

Militar do Exército é morto quando trabalhava como Uber em Nova Iguaçu. Passageiros são feridos. Milícia de Tandera é suspeita

O militar do Exército Flávio Amaral Teixeira foi morto no Conjunto Dom Bosco, em Nova Iguaçu, quando trabalhava como motorista de Uber. Dois passageiros que estavam com ele foram baleados.

Segundo relatos, bandidos teriam se assustado com o veículo dirigido por Flávio e abriram fogo contra o carro. O rapaz nem teve tempo de se identificar.

Milicianos ligados a Danilo Dias Lima, o Tandera, são suspeitos do crime.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo