AssaltoBaixada FluminenseCasos de PolíciaDuque de CaxiashomicídioViolência

Militar é morta em assalto em Duque de Caxias

Uma sargento do Exército foi morta durante um assalto ocorrida na noite deste domingo, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O Cruze prata em que Bruna Carla Borralho Cavalcanti de Araújo seguia com parentes enguiçou na Avenida Presidente Kennedy. O marido dela, Angelo Henrique de Araújo, desceu pra fazer o conserto.

Logo depois, ele ouviu gritos de Carla, dizendo que estava acontecendo um assalto. Em seguida, foram feitos dois disparos na direção da militar. A irmã dela sobrinhos foram retirados do carro, que foi levado pelos bandidos.

Carla – que era lotada na 21ª Brigada de Infantaria Paraquedista – ainda foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Pilar, mas não resistiu aos ferimentos.

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense instaurou inquérito para apurar as circunstâncias da morte de Bruna Carla Boralho Cavalcanti de Araujo. Equipes da unidade realizam diligências para esclarecer o caso.

A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informa que, na noite deste domingo (30/8), equipes do 15° BPM (Duque de Caxias) foram acionadas pra checar a entrada de uma mulher ferida por disparo de arma da fogo na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Pilar. Chegando ao local, os policiais constataram que a vítima não resistiu aos ferimentos. Informações preliminares dão conta de que o incidente teria ocorrido em uma tentativa de roubo na Av. Presidente Kennedy.

Com informações do Jornal Extra

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo