Casos de Polícia

Militar mata a mulher e o amigo gay por ciúme

Uma mulher foi morta a tiros pelo marido na noite desta quarta-feira, dia dos namorados, no apartamento onde vivia em Cruzeiro, no Distrito Federal.

Segundo relatos de pessoas próximas à vítima, o militar da Aeronáutica Joenil Queiroz, de 56 anos, teria sentido ciúmes de Francisca Naidde de Oliveira Queiroz, de 57 anos, alegando que ela estaria mantendo um caso extraconjugal com Francisco de Assis, de 41 anos, embora este fosse casado com um homem.

Segundo informações da 5ª DP, uma guarnição da Polícia Militar foi acionada por volta das 19h30 por vizinhos do casal, que ouviram uma discussão e, em seguida, barulhos de tiros.

“Essa é uma amiga que hoje está nos braços do pai, morta pelo marido, com um ciúmes doentio, alegou que tinha matado ela por que ela estava tendo um caso, agora como pode uma mulher de Deus, temente ao Senhor, mulher direita, mãe de família ter um caso, ainda mais por que o rapaz era homossexual casado!

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo