Casos de PolíciaOperação Policial

ONG denuncia que sua equipe foi xingada, ameaçada e levou tiros de PMs durante operação na Maré

A ONG Redes da Maré denunciou que uma equipe da entidade recebeu xingamentos, ameaças e tiros em sua direção por parte de policiais militares que participavam de uma operação deflagrada nesta terça-feira (18) no conjunto de favelas que fica na Zona Norte do Rio. Os agentes, segundo as denúncias, seriam do BOPE e estariam com o rosto coberto. 


A Redes da Maré informou ter recebido diversas denúncias sobre a operação como invasão à domicílios de moradores sem mandados judiciais, quebra de pertences gerando uma série de danos ao patrimônio, ameaças e abordagens violentas por parte dos agentes do Estado. 


A ONG também foi comunicada de que houve uma pessoa morta na Baixa do Sapateiro e uma outra  pessoa foi ferida na Nova Holanda. Carros e estabelecimentos comerciais teriam sido arrombados e pertences subtraídos pelos agentes da segurança pública. 


Procurada, a Polícia Militar informou que disponibiliza canais através da Corregedoria para o recebimento de denúncias, onde o anonimato do denunciante é garantido. As denúncias podem ser realizadas através do aplicativo WhatsApp pelo número (21) 97598-4593, por telefone pelo número (21) 2725-9098 ou ainda pelo e-mail [email protected].

“É importante ressaltar que a corporação não compactua com qualquer desvio de conduta, apura com rigor e senso de justiça todas as denúncias que chegam ao nosso conhecimento”, disse a nota enviada pela corporação.


A operação de hoje foi realizada nas comunidades Parque União e Nova Holanda. Policiais do Batalhão de Ações com Cães (BAC), do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), Batalhão de Polícia de Choque (BPChq) e o Grupamento Aeromóvel (GAM) atuaram na região através de Dados de Inteligência.

A ação teve como principal objetivo prender criminosos e combater o tráfico de drogas na localidade. 


Ao chegarem na comunidade Nova Holanda, os policiais militares foram recebidos por disparos de arma de fogo e houve confronto.

Após cessarem os  tiros, um suspeito foi encontrado ferido, sendo socorrido ao Hospital Estadual de Bonsucesso.

Um fuzil e dois rádios transmissores foram apreendidos na ação. Este foi o 55º fuzil retirado das mãos de criminosos em apenas 49 dias.

Ainda na Nova Holanda, os PMs localizaram vários contêineres que foram usados para esconder drogas.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo