Casos de PolíciaGuerra entre facçõesOperação PolicialPrisão

PF prende ex-PM envolvido em homicídios em Araruama por conta de guerra entre milícia e tráfico

A Polícia Federal prendeu, na manhã de hoje (02/09), um ex-policial militar suspeito de praticar homicídios em agosto de 2019. O suspeito estava foragido e o mandado de prisão preventiva foi expedido pelo Juízo da Vara Criminal de Araruama/RJ.

Foi identificado como Marcos André Rodrigues Glória Machado, o Marcão ou Machado.

Os homicídios foram praticados em razão da disputa territorial existente entre uma milícia privada e uma facção criminosa que dominava o tráfico de drogas no Campo do Uta.

O preso, que constava na lista de procurados do estado, estava foragido há aproximadamente 1 (um) ano e foi capturado quando chegava em uma pousada situada na praia do Foguete, no Município de Cabo Frio, Região dos Lagos/RJ.

A ação envolveu policiais federais da Missão Redentor, da Delegacia de Repressão a Drogas da PF no RJ e da Delegacia de Polícia Federal em Macaé, e contou com o apoio do GAECO.

Outros dois suspeitos de integrar o bando, Adison Menezes dos Santos (vulgo ‘Magrão’), ex-policial militar, e Paulo Diego da Silva (‘Dendê’ ou ‘Diego’) já se encontravam presos e os mandados de prisão foram cumpridos no estabelecimento prisional.


Os três denunciados tiveram a prisão preventiva decretada em função da prática de delitos de triplo homicídio qualificado ocorrido naquele município da Região dos Lagos, em agosto de 2019. Os crimes foram praticados em razão da disputa territorial existente entre a milícia constituída por eles e o braço da facção criminosa autodenominada ‘Comando Vermelho’, que dominava o tráfico de drogas no Campo do Uta.

Nas investigações, foi constatado que o objetivo dos criminosos era se apoderar das armas, drogas e dinheiro manuseados no local pelo tráfico de drogas.

Para isso, aponta o GAECO/RJ, além dos homicídios, os denunciados praticavam delitos de roubo e extorsão contra os moradores do local, com emprego de violência e grave ameaça, mediante uso ostensivo de armas de fogo.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo