Casos de PolíciahomicídiomilíciaPMRJ

PM suspeito de milícia virou réu em processo que vai julgar morte de colega em Nova Iguaçu

O subtenente reformado da PM William Xavier Crisóstomo está respondendo na Justiça pelo assassinato do colega Carlos da Costa Lima Júnior, ocorrido em 7 de abril de 2021, em Nova Iguaçu. 

 Através dos documentos até então juntados aos autos do inquérito policial e cruzamento de dados de inteligência, verifica-se que as investigações apontam como autor da prática delitiva o suboficial, suspeito de ser o chefe de organização criminosa, do tipo milícia privada, que atua na comunidade Zumbi dos Palmares e adjacências.

No local onde Carlos foi morto chegou a ser encontrado um documento de William.

Apesar de já estar preso, Willian teve a prisão temporária de 30 dias decretada pela segunda vez pela Justiça em 2 de setembro. 

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo