Casos de PolíciaOperação PolicialPrisão

PMs fingiram aceitar R$ 5.000 para soltar bandido só para capturar outros meliantes da quadrilha mas só conseguiram pegar dois

PMs fingiram aceitar uma proposta de extorsão de R$ 5 mil de traficantes para tentar prender vários membros da quadrilha.


O fato ocorreu em agosto do ano passado quando os agentes da UPP do Morro da Providência, no Centro, por intermédio da P2, receberam a informação de que dois elementos estavam praticando roubos na área da Rua Senador Pompeu esquina com  Alexandre Mackenzie.


Eles avistaram os suspeitos e fizeram a abordagem. Um deles oi em direção a Av. Presidente Vargas, e fugiu, e o outro, entrou no prédio da Claro na esquina da rua Senador Pompeu,


Os policiais entraram no edifício e encontraram o criminoso no vestiário dos funcionários encontrando com ele um carregador de pistola Glock 9mm, com 17 munições intactas, 


O suspeito disse que queria pagar por sua liberdade e perguntou se havia “Desenrolo”, Os agentes comunicaram ao seu superior e este autorizou a negociação com intuito de capturar outros meliantes da quadrilha, 


Então, os militares fingiram estar interessados e autorizaram o bandido a ligar e ele ligou para vulgo “Careca”, e este ofereceu a quantia de R$5.000,00, em troca da liberdade do comparsa.


Careca disse que iria tirar o dinheiro do banco, disse também que era do Turano e que o dinheiro seria entregue na Praça Delvéchio, na descida do Sumaré, em 20 minutos, Os policiais se dirigiram para o local e lá Careca fez novo contato e disse que mandou um mototaxista, 


O emissário disse que estava com o dinheiro e foi obrigado por traficantes, a levar o dinheiro, no local, Os policiais apreenderam a quantia e deram voz de prisão no traficante e também no mototaxista.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo