Casos de PolíciaGuerra entre facçõesinvestigaçãomilícia

Polícia Civil admite possibilidade de nova guerra entre milícias na Gardênia Azul

A Secretaria de Polícia Civil informa que a comunidade da Gardênia Azul, em Jacarepaguá, poderá ter nova guerra entre milicianos.

Segundo informações, a área é território de domínio do miliciano Ecko, que designou Bruninho BR para gerenciar a localidade. Bruno Souza Santos é um dos milicianos que vem liderando a referida região e encontra-se foragido da Justiça.

Há ainda dados de inteligência que indicam que a região pode voltar a sofrer disputa com a iminente liberdade de Leandro Siqueira de Assis, vulgo Gargalhone, desafeto e rival da quadrilha de Ecko.

No início deste ano, houve uma disputa entre Ecko e Macaquinho pelo controle da região.

Hoje pela manhã, a DRACO realiza operação para cumprimento de ordem judicial de busca e apreensão contra suspeitos da construção, intermediação, venda de lotes e apartamentos construídos ilegalmente na comunidade

São cumpridos quatro mandados de busca e apreensão: na sede de uma construtora, seus sócios e o principal vendedor.

As investigações buscam saber se, além do crime empregado na construção e venda dos imóveis, a milícia atua negociando autorização de obras na Gardênia Azul.

No ano passado equipes da DRACO compareceram no local das demolições que foram feitas pela Prefeitura, a fim de colher informações para instrução do inquérito em andamento. Diversas pessoas foram ouvidas no inquérito policial onde foi constatada a ilicitude das obras realizadas.

Além dos mandados de busca e apreensão, a pedido da DRACO, a Justiça efetuou o bloqueio das contas correntes dos investigados, bem como o sequestro de todos os imóveis existentes em nome dos alvos.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo