AssaltoCasos de PolíciaComando VermelhoinvestigaçãoOperação Policialtráfico de drogas e armas

Polícia e Disque Denúncia divulgam fotos de 23 bandidos do Cavalão (CV) foragidos

Traficantes e roubadores da Comunidade do Cavalão, situada na zona sul de Niterói, foram alvos de investigações da Polícia Civil em que foi possível obter mandados de prisão para mais de 100 transgressores da Lei. No entanto, 23 permanecem foragidos.

Na operação denominada “Pé de Pano”, foi possível individualizar as condutas de 80 criminosos responsáveis pela liderança, contabilidade, armazenamento, endolação de drogas, venda, compra, segurança armada e transporte do dinheiro da quadrilha.

Todos aqueles foram atingidos por medidas restritivas de liberdade, dentre os quais destacam-se os nomes de Reinaldo Medeiros Ignacio, o Cadá ou Playboy, preso em Penitenciária Federal, considerado figura de proa da facção criminosa Comando Vermelho e Anderson Rodrigues de Franca, o Goelão, preso no Complexo de Gericinó e atual frente da comunidade.

As quadrilhas de roubadores também foram alvos de investigações, em que foram indentificados cerca de 40 roubadores oriundos da comunidade, culminando, portanto, na identificação e prisão da maior quadrilha de roubos a estabelecimentos comerciais do município, autodenominada como “Bonde do Fuzil”, responsável por aterrorizar a população niteroiense roubando bares e frequentadores da zona sul de Niterói, quase que diariamente.

Mesmo diante de todos os esforços das forças de Segurança não foi possível capturar todos os criminosos.

Nesse sentido, desenvolvendo mais um serviço de utilidade pública, o Setor de Procurados, do Disque Denúncia, em apoio a Polícia Civil, divulgou um cartaz contendo 23 daqueles foragidos da justiça, em que visa o auxílio da sociedade civil na captura daqueles criminosos.

A Polícia Civil solicita a colaboração de todos para tornarmos Niterói uma cidade mais segura.

Mostrar mais

PUBLICIDADE

Aguarde 10 segundos e clique em fechar publicidade para visualizar a notícia.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Encontramos um bloqueador de anúncios em seu navegador. Desabilite-o para navegar